Tentativa desesperada de calar esse coração insaciável

Passava apressada pelo mercado público, mas algo dentro dela lhe fez diminuir a velocidade dos passos.
Permitiu-se parar um pouco e se deu o humilde direito de sentar ali e pedir um expresso.
Deliciou-se bebendo os contos de Lispector num só gole e lendo com os lábios famintos o aroma da cafeína.
Mas sentiu o amargo do café lhe descer na garganta.
Pôs mais três colheres de açúcar, mexeu, provou, botou mais três, mexeu, provou e pediu que o garçom lhe trouxesse mais.
Pensou – enquanto os outros lhe olhavam espantados – o quanto a sua mania de botar tanto açúcar no café representava o que sentia e mostrava, de forma simbólica, a sua incoerente forma de se relacionar com o mundo.
Por mais que botasse mil colheres de açúcar o café ainda lhe parecia amargo. E precisava tanto de açúcar quanto de paixão.
Nem que doa, nem que corte, que sangre, que jorre ela sempre quer sentir mais. Quer e precisa ir ao fundo, mais fundo. E nunca se dá por satisfeita.
Seu olhar mendigo, seu corpo desprendido da alma.
Ela é uma mistura de criança inquieta mal acostumada a não aceitar a falta com um ar de jovem moça que quer o mundo desbravar.
Sem medo, sem temor, sem pudor.
Os outros inocentemente curiosos nem imaginavam o quanto ela sofre da inesgotável fome de viver.
Assim ela vive, café com muito açúcar e o peito com muitos sonhos.
Ela vive euforicamente sorrindo e as vezes intensamente chora.
Ela saboreia a fruta até o caroço.
Ela vive. Ela intensamente vive.
E aqueles que a observavam atentos nunca irão saber que aquele expresso exageradamente adocicado é uma tentativa desesperada de calar esse coração insaciável.

Cecília Richter

Anúncios

Sobre Richter

A realidade não me é conveniente.
Esse post foi publicado em de minha autoria, pensamentos. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Tentativa desesperada de calar esse coração insaciável

  1. renata martins disse:

    tu escreve muito bem, ta loco.

  2. Guilherme GM disse:

    Muito bom o q vc escreve… já publicou algo?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s