Hipocrisia

Palavras exatas,
Sentido? Nenhum.
Não falar nada,
Agora foge do comum.

Tantas palavras,
Todas sem sentido.
Tua própria boca,
Teu próprio inimigo.

Nunca saberás o que é amar
Mas te perdoo talvez,
Se “eu te amo” outra vez
Não esqueceres de falar.

Aceito,
Ainda que tardia
Todo meu amor
Toda tua hipocrisia.

Cecília Richter

Anúncios

Sobre Richter

A realidade não me é conveniente.
Esse post foi publicado em de minha autoria, poesias. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s